Esta noite, adormecer tornou-se tarefa difícil. De todas as vezes que fechava os olhos, eras tu e eu quem protagonizava as imagens que me iam passando pela cabeça e isso fazia com que te quisesse ao meu lado cada e cada vez mais - não, não estou a dizer que devêssemos casar. Refiro-me a todas as vezes em que, de corpo nu, morremos de desejo. Às vezes em que me beijaste o pescoço quase já sem conseguires respirar, às vezes em que te mordi as orelhas e te cravei as unhas nas costas - só porque sabia que irias gritar e agarrar-me contra ti com toda a força. Bem, até aqueles minutos em que já só tentamos recuperar o folgo fizeram parte das minhas insónias! Depois,... claro. Com a cabeça cheia de "amor" acabei por adormecer ♥

1 comentário:

  1. http://dreadfully-unique.blogspot.com *
    (desculpa pela demora)

    ResponderEliminar