habita aqui comigo, há já uns tempos, uma dúvida que ainda não consegui esclarecer e que me tem atormentado. não encontrei ainda resposta e quando menos espero ela vai. depois volta. depois vai e volta outra vez. eu sei que ela existe e por mais que a tente ignorar ela permanece, aqui, comigo, como se fosse um ser encantado da floresta que ninguém vê e que só eu consigo sentir. eu sei que ela cá está. só se revela em momentos como este mas no fundo nunca foi e por isso nunca pôde voltar.

3 comentários:

  1. também adorava ir para Lisboa. mas acho que fazes bem, vir para cá. é só boa gente, :p

    ResponderEliminar
  2. A resposta está na tua cabeça, provavelmente apenas a ignoras por que tens receio de algo.

    ResponderEliminar
  3. obrigada catarina, muito obrigada :)

    ResponderEliminar